Categoria: Outros personagens Page 1 of 2

Dia do Desenhista: O Brasil na Bonelli!

Nesse 15 de abril de 2020, Dia do Desenhista, resolvemos fazer uma pequena homenagem aos brasileiros que tiveram a honra de trabalhar em diferentes momentos para Sergio Bonelli Editore, são eles: Wilson Vieira, Jô OliveiraPedro Mauro e Ibraim Roberson. Nos textos a seguir, apresentamos de forma resumida um pouco da carreira desses grandes da Nona Arte e sua relação com a SBE.

Diabolik: E tem mais Quadrinhos Italianos Grátis (off topic)

Sim !!! – Resolvemos abrir uma exceção para esse que, apesar de não ser Bonelli, é um dos mais tradicionais e queridos Quadrinhos Italianos (Fumetti) – Diabolik. Assim como a Sergio Bonelli Editore teve a feliz iniciativa de oferecer quadrinhos gratuitamente (link), a Astorina Srl, editora do personagem na Itália, está disponibilizando para download exemplares de Diabolik, esperando que eles possam fazer um pouco de companhia aos leitores obrigados a ficarem em casa nesses dias sombrios.

Conhecendo Caravan

Caravan é uma minissérie da Sergio Bonelli Editore completa em 12 edições lançada de junho de 2009 a maio de 2010. A obra foi criada por Michele Medda, que, junto a Antonio Serra e Bepi Vigna criaram Nathan Never.

Após um evento misterioso que bloqueia temporariamente todos os dispositivos elétricos, eletrônicos e carros na cidadezinha de Nest Point, o exército dos EUA evacua a cidade e inicia um êxodo de todos os cidadãos em uma gigantesca Caravana.

Mágico Vento está voltando em formato italiano

No início de janeiro a Editora Mythos anunciou que a série Mágico Vento terá seu retorno em 2020, dessa vez em formato italiano. A obra criada por Gianfranco Manfredi foi publicada pela Mythos em formatinho de 2002 a 2013 em 131 volumes, compilando a série completa.

Panini lançará Morte a Caravaggio!

A Panini Comics vem publicando as graphic novels da Sergio Bonelli Editore. Já publicou Deadwood Dick, Mister No Revolução e anunciou Kentucky River. Com ISBN já publicado (à direita), ela também irá publicar Morte a Caravaggio!, obra de Giuseppe De Nardo no roteiro e arte de Giampiero Casertano. Publicada originalmente em Speciale Le Storie nº 1 – Uccidete Caravaggio!, em 2014, a edição terá 148 páginas em formato de luxo, totalmente colorida por Arianna Florean e capa de Aldo Di Gennaro.

Michelangelo Merisi da Caravaggio, um gênio da pintura que revolucionou a arte ocidental, mas também um espírito inquieto, impulsivo e talvez… um assassino! Muitos o admiram, outros o temem ou odeiam a ponto de querer vê-lo morto. Por essa razão, dois mercenários habilidosos estão em seu encalço. Em uma história que mistura realidade e ficção, uma aventura se desenrola durante os eventos que marcaram os últimos anos de sua vida.

Conhecendo Mercurio Loi

A Bonelli é rica em histórias e personagens e tem coisas incríveis que ainda faltam serem desfrutadas pelos leitores brasileiros. Um deles é Mercurio Loi, concebido pelo incrível Alessandro Bilotta e originalmente desenhado por Matteo Mosca. A série foi publicada de 2017 a 2019 em 16 volumes.

Segundo Volume de Lilith traz aventuras históricas incríveis

A Red Dragon Publisher está com campanha no Catarse para o lançamento da 2ª edição de Lilith. A cronoassassina irá se aventurar na Guerra Civil Norte-Americana, navegará com Vikings até Vinland (a América Pré-Colombiana) e assumirá a identidade de Sun Wukong (o Rei Macaco), durante a segunda guerra sino-japonesa e o massacre de Nanjing.

DEADWOOD DICK 2 CHEGA EM JANEIRO

As aventuras de Nat Love continuam no volume 2 de Deadwood Dick, anunciado este mês pela Panini Comics. Imagine um cowboy afro-americano Deadwood Dick que socorre um desconhecido largado para morrer no deserto. Ao chegar a Hide and Horns, uma vila povoada pela pior escória do extremo oeste, Dick quer dar a seu amigo Cramp um enterro cristão, mas é difícil para os racistas permitirem que um negro infecte o solo de seu cemitério.

Conhecendo Adam Wild

Dica de trilha para escutar enquanto lê. Nada melhor do que a trilha de “As Minas do Rei Salomão”, clássico da Sessão da Tarde que conta uma grande aventura na África:

Séries Bonelli que talvez nunca vejamos no Brasil: Morgan Lost

A Sergio Bonelli Editore se modernizou bastante nas últimas séries lançadas, como exemplo cito Orfani, primeira série Bonelli totalmente publicada a cores. Em Morgan Lost, mais uma grande novidade foi explorada. O personagem sofre de um problema de visão, fazendo com que enxergue em escalas de cinza e vermelho, por isso em todas as edições da série, fora a capa, enxergamos da mesma maneira que Morgan, em apenas tês cores.

Page 1 of 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén