O que esperar de Zagor em 2020 na Itália e Brasil

Goste ou não, Zagor é um personagem que cativa seus leitores. Tem uma legião de fãs na Itália e no Brasil também possui seguidores aficionados pelo personagem. Ele é um personagem de western que habita na lendária Floresta de Darkwood atuando em aventuras com seu inseparável amigo Chico.

Zagor possui extraordinários reflexos e dotes atléticos e é extremamente hábil no uso de sua machadinha. Os seus feitos, além da impressão causada por suas vestes e por seu grito de guerra (um característico “AAHHYAAKK!”) o fazem ser considerado pelos índios como uma espécie de semi-deus enviado por Manitu.

Criado por Guido Nolitta (Sergio Bonelli) em 1961, Zagor está prestes a completar 60 anos de publicação que será comemorado em 2021. Em 2020, a Sergio Bonelli Editore preparou uma série de aventuras emocionantes para o herói e a Mythos também trará edições especiais e uma novidade.

Espírito com a Machadinha em um ano cheio de aventuras

Em janeiro já começamos com uma das melhores edições de Zagor, com arte de Joevito Nuccio, que, apesar de suas características de desenho, aqui presta uma homenagem a Gallieno Ferri. O texto de Jacopo Rauch traz de volta um personagem inesquecível criado por Guido Nolitta: Winter Snake, orgulhoso chefe dos Kiowa, onde é revelado um trágico segredo de seu passado. O final da aventura traz perspectivas perturbadoras sobre algo que acontecerá no futuro.

Não menos dramática, a história do mês seguinte é escrita e desenhada por Nando e Denisio Esposito. Em “LA FIGLIA DEL MUTANTE”, veremos Sophie Randall reaparecer, a filha de “Skull”, o mutante. Na última vez que a vimos tinha sido deixada em estado catatônico e a encontramos trancada no Manicômio Rochester, onde, a “voz” de seu pai chega para despertá-la e ela acaba fugindo do manicômio. A cabeça de seu pai, que possui dois cérebros, separada do corpo após sua morte, foi levada e preservada em um recipiente com álcool na Base Elsewhere para ser estudada. É possível que o poder mental do mutante possa influenciar a filha?

Claudio Chiaverotti e Marco Torricelli trazem um inimigo histórico e inesquecível: Kandrax!

À direita só pra relembrar uma aventura com Kandrax, publicada em Zagor nº55 pela Mythos.

Chiaverotti para quem não lembra escreveu uma série de histórias curtas de Dylan Dog e é criador de Morgan Lost, que está com campanha no Catarse pela Editora 85 para ser lançado no Brasil. Chiaverotti vem acompanhado de Toricelli, desenhista mais experiente de Zagor hoje em dia, que desenha o personagem desde 1986.

Na edição seguinte, o sérvio Bane Kerac contará a história do passado de Drunky Duck e, em seguida, a premiada dupla Samuel Marolla e Paolo Bisi, trarão um apocalipse zumbi Darkwoodiano. Outro convidado de honra que irá encerrar o ano nas publicações de Zagor é Tito Faraci, pela primeira vez como roteirista da série regular. A aventura será ilustrada por Marcello Mangiantini.

Em maio chega a edição Maxi de Zagor por Stefano Voltolino que traz a antologia “The Tales of Darkwood”. Histórias curtas sobre o Espírito com a Machadinha contadas pelos frequentadores do posto de comércio de Pleasant Point. Este Maxi será a quarta antologia da série “Os Contos de Darkwood”.

Teremos uma estreia na edição especial “La valle dell’Eden” de Riccardo Secchi. O volume será lançado em março. A edição a cores de agosto será desenhada por Fabrizio Russo com textos de Mirko Perniola e contará com o Barão Ícaro La Plume.

Uuuffaaa. Que ano para Zagor, e não é nem o ano de comemoração dos 60 anos do herói.

E no Brasil? O que teremos?

Em vídeo publicado no início de janeiro pela Editora Mythos, foi comentado que Zagor beirou ao cancelamento em 2019. Teve sua tiragem reduzida, mas a resposta do público às edições especiais 66 e 67 foram muito positivas. Por isso a editora além de manter a publicação de Zagor Especial em 2020, também irá trazer uma nova coleção do personagem, dessa vez em formato italiano, como vem sendo publicado Dylan Dog, Júlia, etc.

No vídeo comentado acima, o Editor da Mythos Júlio Monteiro destacou que serão publicadas 4 edições de Zagor em formato italiano, com histórias que saíram logo depois das Zagor Especial (Il Ritorno di Blodie, Zagor nº 631), “histórias modernas, ágeis, com capas bacanas, mas perfeitamente compreensível para quem começa a ler Zagor agora”, destacou Monteiro.

Maaaaaassss…..

O editor e proprietário da Mythos, Dorival Vitor Lopes comentou no texwillerblog.com, na área de comentários do post: “ATENDIMENTO MYTHOS – Pendências, reclamações, problemas…”, que a nova coleção de Zagor em formato italiano será publicada desde o NÚMERO UM italiano:

Dorival Vitor Lopes

Janeiro 27th, 2020 at 3:59

“A nova revista ZAGOR, em Edição Limitada, formato italiano e papel offset, começará no NÚMERO UM italiano e seguirá a cronologia direitinho. Terá 96 páginas e, eventualmente, 104 ou 112 páginas, com histórias em continuação, pois, naquela época, 1961, a quantidade de páginas das histórias variava muito – 50 a 180. Nosso contrato é para 5 edições, e a continuidade, claro, dependerá das vendas.”

Mesmo sem data definida para o lançamento desta nova coleção, já temos as datas de lançamento das edições de Zagor Especial para este ano.

Dia 18 de fevereiro chega Zagor Especial 68: O Mistério da Ilha.

Zagor Especial 68: O Mistério da Ilha

Uma terrível tempestade joga Zagor e Chico em uma ilha aparentemente abandonada. Uma ilha cheia de mistérios e perigos e a terra que aparentemente os salvou acaba se tornando uma terrível ameaça.

E em 30 de abril, teremos Zagor Especial 69: A Prisão no Lago

Zagor Especial 69: A Prisão no Lago

Fort Beaver é uma penitenciária de segurança máxima, construída em uma ilha no meio de um lago. De seus muros, monitorados dia e noite, ninguém pode escapar: o coronel Webster, que comanda, parece convencido disso. No entanto, um dos homens mais perigosos da América é mantido preso e seus cúmplices pretendem libertá-lo. E Zagor vai tentar frustrar este plano maquiavélico. Não é uma tarefa fácil, já que a gangue não é apenas numerosa, mas também composta por elementos sem escrúpulos, cada um com uma habilidade criminosa específica…

As edições 70 e 71 de Zagor Especial já estão programadas para serem lançadas dia 28 de agosto (Zagor Especial 70) e dia 30 de outubro (Zagor Especial 71).

E Zagor Le Origini?

A Mythos não confirmou se está negociando Zagor Le Origin, uma minissérie que saiu na Itália em seis edições coloridas com 64 páginas cada. A minissérie conta um período da história de Zagor até se tornar o Espírito com a Machadinha.

Com roteiro de Moreno Burattini, desenhos de Valerio Piccioni, Maurizio Di Vincezo, Giovanni Freghieri, Walter Trono, Giuseppe Candita e Oskar e cores de Andres Mossa. A capa é de Michele Rubini. Uma minissérie incrível que com certeza atrairia leitores a adquirir mais edições de Zagor.

 Ayaaaak!

Anteriores

Conhecendo Caravan

Próximo

Iniciativa Da Editora Bonelli Oferece Quadrinhos Gratuitamente

  1. Ivan

    Excelente matéria, muito bem escrita e muito informativa. Um trabalho de primeira! Parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén