A Sergio Bonelli Editore na última semana falou um pouco mais sobre seu novo selo editorial, o AUDACE. Michele Masiero, Editor Editorial da Bonelli ressaltou que neste selo serão apresentados projetos com uma narrativa e caracterização gráfica com um estilo mais “adulto” em relação aos hábitos da editora.

Um gostinho desta proposta aconteceu no último evento Lucca Comics, um dos principais da Itália, com o lançamento do volume de Dragonero Senzanima, um Spin-Off mais dark da série regular.

Em Outubro de 2018, sob este selo será publicado o primeiro volume de Loose Dogs – Sessenta e oito. Uma edição escrita por Gianfranco Manfredi por ocasião do cinquentenário dos tumultos estudantis de 1968. Loose Dogs conta a vida de um grupo de amigos que em 1968 frequentam a universidade em Milão e se envolvem no clima de protesto deste momento particular. A história segue os protagonistas até a década de oitenta, com uma narração que não necessariamente respeita a linha cronológica de eventos, entre a Itália, a Europa e o resto do mundo, incluindo o golpe do Chile em 1973.

Esta é a primeira incursão verdadeira da Bonelli na história italiana recente, mas a intenção não é apresentar os acontecimentos de forma didática, mas seguir a vida quotidiana dos personagens, entender como o mundo estava e acabou se transformando. Os desenhos e design dos personagens é de Luca Casalanguida.

Outra edição sob este selo será Deadwood Dick. O escritor americano Joe R. Landsdale se inspirou na figura real de Nat Love (ao lado), um pistoleiro negro que começou a agir logo após a Guerra de Secessão, apelidado de Deadwood Dick. Landsdale fez deste o protagonista de várias de suas histórias. A Bonelli adaptará sete das histórias de Landsdale em quadrinhos com os roteiros de Michele Masiero, Maurizio Colombo e Mauro Boselli. As artes serão de Corrado Mastantuono, Pasquale Frisenda e Stefano Andreucci. Deadwood Dick trará um velho oeste sujo e durão, bem ao estilo das histórias de Landsdale.

A terceira proposta do selo Audace será nada mais, nada menos que o nosso querido Mister No, em Mister No Revolution. Será uma proposta de uma versão especial de Jerry Drake, um “experimento” sobre a pele do personagem realizada por Michele Masiero e com os desenhos de Matteo Cremona e Alessio Avallone. Cores de Giovanna Niro, Alessia Pastorello Luca Saponti e Stefano Aquaro. No entanto não foi revelado mais nada sobre este projeto, mas algo será mostrado na Lucca 2018.

Ainda estão na lista uma nova aventura do personagem “O Desconhecido”, de Magnus, “Darwin”, “10 de outubro” e “K-11”, que serão revelados ao decorrer do ano.

Uma curiosidade é que Audace foi o primeiro nome da Sergio Bonelli Editore. Fundada por Gianluigi Bonelli em 1940 como Redação Audace, em 1945 o nome mudou para Editora Audace para então começarem a publicar um dos mais longevos personagens dos quadrinhos italianos: Tex Willer.

Viva Bonelli!