Tag: 2018

fumetti. #5 – Maio 2018

A maior e melhor edição já feita da fumetti digital! E seguimos mês a mês batendo essa meta!

Nessa edição um grande especial sobre Dampyr, contando desde sua criação até o atual momento na Itália. Isso sem mencionar a entrevista com ninguém menos do seu criador, Mauro Boselli!

Aliás pra quem gosta de entrevistas essa edição está recheada delas, Pasquale Frisenda, Rouxinol do Rinaré e Massimo Rossi.

Depois de alguns meses de pesquisa e apuração, trazemos os resultados da pesquisa sobre o perfil dos leitores Bonelli

No nosso espaço de quadrinhos independentes, um história exclusiva de Décio Ramírez

Joana Rosa trás a terceira parte de seu artigo sobre as coleções de Tex que já terminaram ou foram canceladas e porque elas ainda movimentam tanto o mercado. E na coluna do Luiz Henrique o anime de Martin Mystery.

2 superpôster de brinde!

Agora com uma modificação, a distribuição da revista não será mais gratuita, mas o precinho é mais que camarada! R$ 1,50 (sim, mais barato do que figurinha da copa!!)





obs.: Essa é a versão digital da revista, após o pagamento ela será enviada para o seu email.

fumetti #4

Fumetti. #04 – Abril 2018!

fumetti #4A maior e melhor edição já feita da fumetti digital! Claro que todo mês esperamos bater essa meta e seguir melhorando e crescendo cada vez mais.

Nessa edição um super especial sobre Dylan Dog, contando desde sua criação até o atual momento na Itália. Isso sem mencionar a entrevista com ninguém menos do seu criador, Tiziano Sclavi e Gigi Cavenago, um dos melhores (senão for o melhor) capista e desenhista do Investigador do Pesadelo. Gigi é o desenhista da primeira graphic novel de Dylan Dog que será lançada no Brasil, pela Mythos, agora em maio.

Para os amantes do Western, EXCLUSIVO no Brasil, “O Mundo do Oeste”, uma série de ensaios sobre o velho Oeste escrito por Wilson Vieira para um dos maiores portais especializados em quadrinhos Bonelli, a Dime Web. Parceria mais do que especial entre a Revista fumetti e o portal Dime Web. Um trabalho muito bem elaborado entre o Wilson e o Francesco, um dos responsáveis pelo portal, onde ao longo do texto ele relaciona as passagens com edições de Tex, Zagor e demais personagens Bonelli.

Depois de alguns meses de pesquisa e apuração, trazemos uma matéria sobre a formação de preço de capa das HQs vendidas no Brasil, complementando artigos anteriores sobre o custo dos quadrinhos por aqui.

No nosso espaço de quadrinhos independentes, um história exclusiva de Décio Ramírez e outra grande entrevista, dessa vez com Pedro Mauro falando sobre sua HQ Gatilho, que já se tornou um clássico dos quadrinhos nacionais.

Joana Rosa trás a segunda parte de seu artigo sobre as coleções de Tex que já terminaram ou foram canceladas e porque elas ainda movimentam tanto o mercado. E na coluna do Luiz Henrique quadrinhos de terror, uma paixão nacional.

Um super pôster de Gringo, na arte de Marcos Martins!

E fechando a edição, o review de Dampyr da Editora 85, Godless e games de faroeste!

Faça o download já!

Edição em formato página simples, aqui.

E em formato de páginas duplas, aqui.

Boa leitura!

Dylan Dog em 2018

A Bonelli divulgou o que teremos para Dylan Dog em 2018. E o Investigador do Pesadelo está cheio de novidades que deixarão muitos fãs contentes.

Mas antes disso é bom salientar que retornam para a série regular alguns artistas históricos da série como Giovanni Freghieri, Bruno Brindisi, Corrado Roi e Franco Saudelli. Nos próximos meses teremos uma história de Gigi Simeoni que será publicada em duas edições. Paola Barbato traz uma história ligando o triângulo Rania, Carpenter e Dylan. Giovanni Eccher assinará uma história cheia de fobias e horrores. Pasquale Ruju também retornará com uma história que tem como base a literatura maldita.

Dario Argento traz uma história em colaboração de Stefano Piani e desenhos de Corrado Roi. “O Senhor das Sombras”, um enredo particularmente mórbido que incorpora alguns dos temas das obras cinematográficas de Argento, que hoje é um dos maiores nomes do terror moderno italiano.

Ler mais

Novidades para Zagor em 2018

O Editor de Zagor Moreno Burattini, no site da Sergio Bonelli Editore comentou sobre as principais novidades do Espírito da Machadinha para este ano. Vamos Lá!

De começo muito mistério quanto ao mês de março onde o editor promete uma surpresa, algo muito inesperado e excitante. Sobre isso ele não deu mais detalhes. Porém Moreno comentou que já no final da edição de janeiro temos o retorno do vilão Smirnoff e quem também voltará é Blondie.

Blondie é uma bandida que surgiu em 1977 em uma história assinada por oito mãos por Guido Nolitta e Decio Canzio nos textos e Franco Donatelli e Francesco Gamba nos desenhos. Um clássico memorável que teve na época capa de Gallieno Ferri, onde Blondie atingia com um soco o rosto do Espírito da Machadinha. Blondie volta já na edição de fevereiro com capa de Alessandro Piccinelli e a história nos permitirá descobrir também seu nome verdadeiro e um trágico segredo de seu passado.

Ramath, o Fakir desaparecerá misteriosamente na história “Golden Baby” e será iniciada uma busca frenética pelo capitão Fishleg e sua equipe. Zagor também entrará nesta aventura para ajudar a salvar seu amigo, ameaçado por poderes necromantes.

Em setembro, o herói de Darkwood enfrentará dois velhos inimigos que fizeram uma aliança contra ele. Sem mais detalhes Burattini comentou que um adversário é bem antigo, da época dos quadrinhos em talão de cheque e o segundo, bem mais recente. Mesmo assim, nenhum deles reapareceu após suas primeiras histórias e agora formaram uma aliança.

O tradicional Especial, que será lançado em março terá como título “The Creatures of the Dark” (Em tradução livre, “As criaturas das Trevas”) e contará uma história sobre misteriosos habitantes das florestas e os protagonistas serão criaturas temíveis, alguns inofensivos, outros, monstros realmente perigosos espreitando atrás das árvores.

O Maxi Zagor, “Contos de Darkwood”, lançado em setembro de 2017 foi um grande sucesso. Portanto a editora está preparando outros com a mesma fórmula. Em 2018 serão lançados três Maxi, e os três trarão uma espécie de trilogia, com uma única jornada de Zagor, mesmo com histórias que se concluem em cada volume, fora das Florestas de Darkwood. Segundo Moreno, “já o vimos na África e América do Sul, por exemplo. Nosso herói já está acostumado com estas mudanças”. Ao longo das três etapas primeiro ele chega na costa oeste, na fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos, (em “Terra Fria” capa acima, já publicada na Itália) e nos dois Maxi seguintes, ele irá para outros locais ao longo do Pacífico. Ele reencontrará personagens importantes, amigos e inimigos, dos quais os leitores solicitaram o reaparecimento por muito tempo. Um dos volumes trará por exemplo o retorno do Príncipe Alexis.

Outra grande novidade é à chegada em novembro de um outro crossover (Zagor já se encontrou com Dragonero). Desta vez ele fará uma parceria com Brad Barron na luta contra Morb (uma raça alienígena que Barron enfrenta), que invadiu sua floresta. Brad Barron era o protagonista de uma minissérie da Bonelli e ganhou outros especiais e conta a história de um militar americano que enfrenta invasores alienígenas. O criador da série, Tito Faracci escreverá o encontro de Zagor e Barron. Será publicada na edição colorida de inverno.

Já na edição colorida do verão, uma história dedica à Wandering “vagabundo” Fitzy, o “trapper” que criou Zagor após o nosso herói ter sua família dizimada por uma tribo indígena.

Serão publicadas na Itália dois volumes destinados às livrarias e eventos. Um em fevereiro, grande, colorido e com capa dura com a aventura “Inferno dos Vivos” e ao longo do ano será publicada outra edição especial contando a longa aventura de Zagor contra Kandrax, o Mágico.

Que ano cheio de novidades hein? Zagor em alta estima com os fãs italianos e mundiais.

Fonte: http://www.sergiobonelli.it/news/2018/01/19/gallery/zagor-2018-1002358/

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén